Violência doméstica: GNR detém suspeito e apreende armas e estupefacientes em Oliveira do Hospital




 

A GNR deteve um homem de 34 anos e apreendeu armas, munições e estupefacientes no âmbito de um processo de violência doméstica, no concelho de Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, foi hoje anunciado.

Segundo o Comando Territorial da GNR de Coimbra, o homem foi detido, na quinta-feira, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no âmbito de uma investigação por violência doméstica.

A fonte refere que “foi possível apurar que a vítima, uma mulher de 41 anos, após ter tomado a decisão de terminar a relação de namoro que manteve durante nove meses com o suspeito, um homem de 34 anos, começou a ser alvo de perseguição constante por parte deste, controlando todos os seus movimentos e relacionamentos”.

A GNR também apurou que o alegado agressor “proferiu ainda ofensas verbais, ameaças de morte e difamações nas redes sociais contra a vítima, exercendo coação psicológica para reatar a relação”

“No decurso das diligências de investigação, foi ainda possível verificar que o suspeito teria ameaçado a integridade física da vítima com recurso a bastões artesanais, tendo sido dado cumprimento a quatro mandados de busca, nas residências, veículos e estabelecimentos do visado”, acrescenta.

No âmbito da investigação, a GNR apreendeu ao suspeito uma arma de ar comprimido, cinco bastões artesanais, uma caixa de chumbos, uma munição, 18 doses de canábis e uma balança de precisão.

O suspeito foi detido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Oliveira do Hospital.

A ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Lousã, dos Postos Territoriais de Oliveira do Hospital e de Souselas e de uma equipa cinotécnica do Comando Territorial de Viseu.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook