Tondela vence Mafra e sonha com Jamor




O Tondela, da I Liga, deu ontem um passo importante para chegar ao Jamor pela primeira vez, depois de vencer em casa Mafra, do segundo escalão, por 3-0, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol.

Tiago Dantas (38 minutos), Manu Hernando (66) e Neto Borges (75) foram os protagonistas da noite no Estádio João Cardoso, ao darem a vitória ao Tondela e alimentarem o sonho de ir ao Jamor lutar pela Taça de Portugal.

Nos primeiros 15 minutos do jogo, o Tondela mostrou a superioridade do escalão em campo, mas os remates de Pedro Augusto (05 minutos), por cima, Tiago Dantas (06) e Rafael Barbosa (09), defendidos pelo guarda-redes, não causaram grande perigo.

O Tondela foi insistindo e pressionando o Mafra, que se foi tentando soltar e fez o primeiro remate, 17 minutos, por Rodrigo Martins, para defesa de Babacar Niasse.

A primeira parte tornou-se mais equilibrado, com o Mafra a conseguir chegar ao meio-campo do adversário e, apesar de erros cometidos por o guarda-redes Babacar Niasse, o Mafra não conseguiu inaugurar o marcador.

Acabou por ser o Tondela a inaugurar o marcador aos 38 minutos, por Tiago Dantas, que se limitou a encostar para o fundo da baliza, após um corte deficiente de um defesa contrário.

A segunda recomeçou com equilíbrio e o Mafra criou o primeiro lance de perigo, aos 54 minutos, com Francis Cann a rematar forte para defesa difícil de Babacar Niasse.

No minuto seguinte, Rafael Barbosa obrigou Renan a aplicar-se.

A equipa da casa acabaria por aumentar a vantagem, aos 66, com Manu Hernando, de cabeça, a dar o melhor seguimento a um livre apontado por Bebeto.

Nove minutos depois, o Tondela quase que sentenciou a eliminatória, por Neto Borges, que surgiu solto ao segundo poste para desviar um cruzamento de Rafael Barbosa.

O Mafra ainda poderia ter reentrado na eliminatória, quando Okitokandjo, acabado de entrar em campo, colocou a bola no fundo da baliza do Tondela, aos 88 minutos, num lance que acabou por ser invalidado pelo árbitro Vítor Ferreira, depois de consultar o videoárbitro.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook