Tondela e Mafra começam a disputar uma inédita presença no Jamor




Os surpreendentes Tondela e Mafra procuram hoje, no encontro da primeira mão das meias-finais, continuar a fazer história e adiantar-se na luta por uma inédita presença na final da Taça de Portugal de futebol.

A participação nas meias-finais já é, por si só, um feito para ambas as equipas, uma vez que o melhor que tinham alcançado na prova ‘rainha’ tinham sido os oitavos de final, ambas em duas ocasiões.

Os tondelenses, anfitriões desta primeira mão, atingiram os ‘oitavos’ em 2016/17 e 2018/19, sendo que nessas duas edições foram eliminados pelo Leixões, enquanto o conjunto mafrense, o único resistente da II Liga ainda em prova, ‘caiu’ perante o Sporting, em 2009/10, e diante do Famalicão, em 2019/20.

Para chegar até esta fase, o Tondela, atual 16.º classificado da I Liga, deixou pelo caminho Camacha (2-1), Leixões (3-1), Estoril Praia (3-1) e Rio Ave (1-0, após prolongamento). Já o Mafra, no oitavo posto da II Liga, superiorizou-se a Sertanense (1-0), União de Coimbra (3-0), Vilafranquense (2-1) e a Moreirense (3-1) e Portimonense (4-2), os dois últimos da I Liga.

Embora nenhum dos clubes saiba sequer o que é lutar pelo troféu no Estadio Nacional, o Mafra conta na sua estrutura com um elemento que não só participou numa final, como a venceu igualmente: o treinador Ricardo Sousa, que em 1999 marcou o tento da vitória do Beira-Mar sobre o Campomaiorense (1-0).

Tondela e Mafra jogam a partir das 20:15, no Estádio João Cardoso, num encontro que será dirigido pelo árbitro Vítor Ferreira, da Associação de Futebol de Braga.

Na outra meia-final, o FC Porto ganhou vantagem, ao vencer em casa do Sporting, por 2-1, na quarta-feira.

Os encontros da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal jogam-se entre 19 e 21 de abril.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook