Quinta da Cruz em Viseu acolhe exposição de arte têxtil




A Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea acolhe a partir deste sábado e até 26 de junho, a exposição “Cartografias Têxteis”, uma mostra que integra um projeto de investigação, coordenado pelo Grupo de Investigação da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual (APECV).

Segundo um comunicado de imprensa da Câmara Municipal de Viseu, a iniciativa, que teve início em janeiro de 2021 “parte da etimologia da palavra “mapa” que, em latim, significa bocado de tecido ou pano, e pretende analisar o impacto de atividades de costura, como a tecelagem ou o bordado, enquanto meio de expressão e ativismo”.

“Assim, foi lançado o repto a diversas instituições de vários países para que explorassem tecnologias têxteis para mapear ideias, discursos visuais e ações. Atualmente, já responderam a este apelo mais de dez grupos de diferentes pontos do globo”, refere a nota de imprensa.

Durante o período da exposição na Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea, “a comunidade pode participar em oficinas para a construção”, uma vez que a organização convida “a comunidade a colaborar ativamente neste processo criativo”, por se tratar de uma “mostra em construção, que tem “em mente o ativismo pela paz e justiça climática”.

A seguir à inauguração, no sábado, é possível participar nesta “exposição coletiva e intercultural, com as artistas Estrella Luna Muñoz e Deborah Mofoluwani Esho” e, depois de sair da Quinta da Cruz, em junho, a mostra segue para Port Pirie (Austrália), em maio, Ilha do Faial (Açores, Portugal), em julho, e em Springfield (Estados Unidos), em setembro de 2022.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook