PJ deteve agricultor suspeito de atear incêndio em Lamego




Um agricultor de 53 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por ser suspeito de ter ateado um incêndio numa área florestal de Lamego, no passado domingo.

Em comunicado ontem divulgado, a PJ refere que as chamas consumiram “área de mancha florestal constituída, maioritariamente, por mato, e área agrícola constituída por plantação vinícola, olival e outras árvores de fruto”.

“O incêndio colocou em perigo a mancha florestal e a área agrícola, bem como várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros”, acrescenta.

A identificação e detenção do suspeito foi feita pela PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real.

Depois de presente a interrogatório judicial, o agricultor ficou em prisão preventiva.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook