Museu da História da Cidade acolhe exposição sobre a paisagem de Viseu




A ceramista Liliana Velho e o fotógrafo Luís Belo entraram “em diálogo” e apresentam o resultado a partir deste sábado no Museu da História da Cidade de Viseu, anunciaram hoje numa nota de imprensa.

“Atravessar a Paisagem é um projeto que coloca em diálogo dois artistas, a ceramista Liliana Velho e o fotógrafo Luís Belo”, explica uma nota de imprensa da Miolo e Meio, que promove a exposição, que é inaugurada este sábado. 

O trabalho dos dois artistas nasce nas plantas que crescem em Viseu e, a partir daí, “Liliana Velho constrói pequenas peças de cerâmica, umas são as próprias plantas embebidas em barbotina, outras são modeladas e inventadas a partir da observação botânica”. 

Com as peças de cerâmica, explica a nota, “Luís Belo vagueia por diferentes locais na procura de um habitat natural para cada peça” e entre os espaços verdes escolhidos “para construir cenários imaginários, estão a Mata do Fontelo, o Monte de Santa Luzia e o Parque de Santiago.

“Os resultados desta colaboração apresentam-nos uma reflexão sobre a paisagem, a forma como nos relacionamos com ela, como a transformamos, mas, sobretudo, como somos transformados por ela”, referem os artistas. 

A exposição conta com as peças de cerâmica de Liliana Velho, que “deram vida ao projeto”, entre as 28 fotografias de Luís Belo e 200 exemplares de “uma publicação que reúne textos de Rui Macário Ribeiro, onde o autor entrelaça pequenas narrativas inspiradas em saberes populares, plantas e História”. 

“É uma pequena publicação que conta, além dos textos, com uma fotografia que faz parte da exposição. É uma forma de os visitantes poderem levar para casa, ao adquirirem um exemplar, um pedacinho da ‘paisagem’ que viram”, refere. 

A inauguração será antecedida, pelas 15:00, por uma conversa “sem título, para respeitar a Paisagem enquanto a atravessamos”, com o biólogo Paulo Barracosa, “onde o público é convidado a atualizar os seus saberes científicos, percorrendo, física e mentalmente, este território e as ‘nossas’ plantas”.

A Miolo e Meio informa ainda que “todas as atividades, que contam com o apoio do programa Viseu Cultura, são de inscrição obrigatória e os interessados podem reservar o seu lugar em www.atravessarapaisagem.com”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook