Mais de mil operacionais combatiam 13 incêndios ativos em todo o país às 07:00 da manhã




Mais de mil operacionais combatiam pelas 07:00 de hoje 13 incêndios ativos, com o apoio de 285 viaturas, sendo os fogos em Leiria, Viana do Castelo e Porto os que mobilizavam mais meios de combate, segundo a ANEPC.

De acordo com os dados disponíveis no ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o fogo que deflagrou há uma semana, no dia 08 de julho, em Vale da Pia, freguesia de Abiul, no concelho de Pombal, distrito de Leiria, era o que mais meios mobilizava, com 434 operacionais, com o apoio de 102 veículos.

Também o incêndio que deflagrou às 23:39 de terça-feira em Cidadelhe, na freguesia de Lindoso, concelho de Ponte da Barca, no distrito de Viana do Castelo, continuava por dominar e estava a ser combatido por 244 operacionais, com o auxílio de 79 veículos.

Por dominar estava igualmente o fogo que deflagrou em Teixeira, no concelho de Baião, no distrito do Porto, que estava a ser combatido por 156 operacionais, com o apoio de 53 veículos.

Em fase de resolução estavam às 07:00 os fogos em Caranguejeira e Barrocal-Sicó, em Leiria, que mobilizavam 207 operacionais, com o auxílio de 60 veículos e 134 operacionais, com 49 meios terrestres, respetivamente.

Em fase de resolução estava também o incêndio em Pinheiro da Bemposta, concelho de Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro, mobilizando 306 operacionais, com o apoio de 103 meios terrestres.

Igualmente em fase de resolução estava o fogo que deflagrou em Palmela, distrito de Setúbal, mantendo-se no terreno 133 operacionais, com o apoio de 42 veículos.

Às 07:00, mais de dois mil operacionais combatiam 39 incêndios – entre fogos em curso, resolução e conclusão – em Portugal continental, com o auxílio de 742 veículos.

Quase todos os concelhos dos 18 distritos de Portugal continental apresentam hoje um perigo máximo ou muito elevado de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Por causa do tempo quente, os distritos de Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Portalegre continuam hoje sob aviso vermelho.

Estes cinco distritos do interior norte e centro vão estar sob aviso vermelho devido à persistência de valores extremamente elevados da temperatura máxima até às 21:00 de sábado.

O IPMA colocou também os distritos de Viseu, Coimbra, Santarém e Évora, sob aviso laranja por causa do tempo quente até às 21:00 de hoje e Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro a amarelo até às 21:00 de sábado.

Por causa das previsões meteorológicas para os próximos dias, com temperaturas máximas elevadas e ao perigo de incêndio, o Governo decidiu prolongar até domingo a situação de contingência em Portugal Continental.

A situação de contingência corresponde ao segundo nível de resposta previsto na lei da Proteção Civil e é declarada quando, face à ocorrência ou iminência de acidente grave ou catástrofe, é reconhecida a necessidade de adotar medidas preventivas e ou especiais de reação não mobilizáveis no âmbito municipal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook