GNR desmantela rede que furtava em Vouzela e Oliveira de Frades

Pub

Objectos furtados em Vouzela e Oliveira de Frades
Objectos furtados em Vouzela e Oliveira de Frades




A GNR desmantelou uma rede que fazia furtos em estabelecimentos e casas e recuperou mais de 400 artigos, em Oliveira de Frades e Vouzela, na sequência de uma investigação que decorria há três meses, foi ontem anunciado.

Em comunicado, a GNR refere que “foi possível apurar que os suspeitos actuavam em rede, por toda a zona norte de Portugal”, sendo que dois deles estavam encarregados “de efectivar os furtos e os restantes tratavam de escoar o material, praticando o crime de receptação”.

Segundo a GNR, “suspeita-se que os indivíduos tenham efectuado mais de 12 furtos e que tinham como ‘modus operandi’ arrombar as portas ou janelas das casas e dos estabelecimentos, para procederem à subtracção de material de todo o tipo”.

A rede foi desmantelada na quarta-feira, pelo Núcleo de Investigação Criminal de Viseu da GNR. Foi dado cumprimento a dez mandados de busca, dos quais oito em residência e dois num veículo e num estabelecimento, nas localidades de Castanheira de Pêra, Estarreja, Aveiro, Oliveira de Frades e Vouzela.

Entre os 405 artigos apreendidos encontram-se uma moto 4, computadores, telemóveis, discos rígidos, leitores de DVD, relógios, televisões, tablets, aparelhagens, berbequins e serras eléctricas.

Durante a operação foi ainda identificado um menor de 15 anos, tendo os facto sido remetidos para o Tribunal Judicial de Oliveira de Frades.

Os Núcleos de Investigação Criminal de Aveiro e Leiria, o Núcleo de Apoio Técnico de Viseu e os postos de Oliveira de Frades e de Vouzela colaboraram com a operação.




Pub

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*