Elon Musk suspende compra do Twitter




Elon Musk anunciou hoje que decidiu parar o processo de compra do Twitter, avaliado em cerca de 44.000 milhões de dólares (41.000 milhões de euros), até saber com mais detalhe quantas contas falsas existem na rede social.

“O acordo com o Twitter está temporariamente suspenso, na pendência de detalhes que apoiam a estimativa de que as contas falsas e de ‘spam’ representam menos de 5% dos utilizadores”, escreveu Musk numa mensagem publicada na mesma rede social que pretende possuir.

A notícia da suspensão da compra no Twitter fez com que as ações caíssem quase 20% para cerca de 36,5 dólares, em negociação contínua antes da abertura de Wall Street.

Em 28 de março, o Conselho de Administração do Twitter aceitou a oferta de aquisição de Musk no valor de 44.000 milhões de dólares, à razão de 54,20 dólares por ação, embora o negócio ainda não tenha sido fechado e deva ser aprovado pelos reguladores.

O empresário nascido na África do Sul, que gosta muito da rede social, apresentou-se como um defensor da “liberdade de expressão” na plataforma e parece levar essa missão como uma bandeira na sua tomada de posse.

Outra das mudanças que Musk prometeu se a compra for concluída é derrotar os ‘spam bots’ (contas automatizadas) que são publicados nesta rede social, bem como combater as contas falsas que são utilizadas para distorcer o tráfego e o impacto das mensagens nesta plataforma.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook