CLDS de Moimenta da Beira desafia voluntários a conversar com idosos sozinhos




A solidão é um dos maiores dramas dos idosos, problema que se agrava nas épocas festivas e familiares. Para disponibilizar uma voz amiga a estas pessoas, o Gentes CDLS-4G de Moimenta da Beira, entidade que promove a inclusão e integração de públicos vulneráveis, lançou a iniciativa “Quando o telefone toca, a Voz da Geração Solidária”, para a qual chama voluntários dispostos a conversar com idosos que se sintam sozinhos e queiram desabafar nestes dias mais nostálgicos que antecedem o Dia de Natal.

Este acompanhamento à terceira idade já é feito de outras formas, o que permitiu auferir um conjunto de idosos que vivem sozinhos no concelho, mas, de acordo, com o CLDS, entendeu-se que era necessário um reforço nesta época. Desta forma, está disponível um formulário de inscrições para voluntários, a quem será, depois, atribuído um número aleatório e se encontre uma altura conveniente para ambos dialogarem.

Os interessados em ter uma voz solidária para lhes dar um pouco de aconchego também têm de se inscrever pela mesma via. Os familiares ou amigos podem fazê-lo por eles preenchendo o formulário online.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook