Centro 2020 aprova 171 Projectos empresariais com um investimento de 304 milhões de euros

Pub

CCDR-C
CCDR-C




O Centro 2020 – Programa Operacional do Centro aprovou 171 projectos empresariais, que envolvem um investimento de 304 milhões de euros e um apoio de fundos europeus de 74 milhões de euros.

Trata-se da totalidade das aprovações no âmbito do novo sistema híbrido de apoio à Inovação produtiva do Portugal 2020, onde se apoio à cabeça com fundos europeus o incentivo não reembolsável e em complemento um apoio reembolsável (empréstimo sem juros) pela banca.

A dotação inicial do aviso de concurso era de 30 milhões de euros, mas de modo a aprovar todos os projectos elegíveis, a Autoridade de Gestão do Centro 2029 fez um reforço da dotação de 44 milhões de euros (147%).

Destacam-se 26 projectos nos territórios de baixa densidade, que envolvem um investimento 52,5 milhões de euros, e um apoio de fundos europeus de 14,7 milhões de euros. A maioria dos projectos é na indústria transformadora: 160 projectos, com um investimento de 275,5 milhões de euros e um apoio de fundos europeus de 67 milhões de euros.

De acordo com Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), “estes apoios vêm contribuir para a alteração dos padrões de especialização das empresas da região, permitindo-lhes entrar em actividades de maior valor acrescentado da cadeia de valor, o que lhes permite competir com base noutros factores de competitividade para além do tradicional baixo custo do trabalho”.

Até ao final de Junho, no âmbito do Portugal 2020 (Programas Compete 2020 e Centro 2020) foram aprovados 4.199 projectos empresariais na região Centro, que envolvem um investimento de 3.200 milhões de euros e um apoio de fundos europeus de 1.650 milhões de euros. Destes projectos aprovados, 3.330 já têm execução demonstrada com pagamentos no montante de 773 milhões de euros, o que significa que a taxa de execução das empresas da região Centro no Portugal 2020 ronda os 50%.




Pub

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*