Câmara de Viseu aprova adjudicação da cobertura do Mercado 2 de Maio

A Câmara de Viseu aprovou hoje a adjudicação da cobertura do Mercado 2 de Maio, uma obra orçada em 4,3 milhões de euros e que é considerada “uma peça fundamental” na estratégia de dinamização do centro histórico.




“Passará a ser uma praça de restauração e eventos coberta, para utilização doze meses por ano, portanto, um equipamento muito importante”, disse o presidente da autarquia, Almeida Henriques, aos jornalistas.

Além da cobertura daquela que é “uma das praças mais emblemáticas de Viseu”, o projeto prevê “a execução de um novo sistema de climatização para as lojas, trabalhos gerais de construção civil e requalificação de espaços exteriores”, explicou.

Com um prazo de execução de 18 meses, a obra inclui também uma solução de produção e aproveitamento de energia elétrica.

Segundo Almeida Henriques, esta solução, “além de permitir uma melhor eficiência térmica do espaço, representa de imediato uma clara mais-valia ambiental, energética e financeira, não apenas para o projeto em causa, como também para os edifícios vizinhos de propriedade municipal”, como a futura sede das Águas de Viseu e os Paços do Concelho.

O autarca explicou que “a cobertura desta praça irá funcionar como um grande painel, com cerca de 4.300 metros quadrados, estimando-se que, por força da energia produzida, tenha um retorno do investimento em dez anos”, produzindo energia limpa.

Na reunião do executivo municipal de hoje foi também aprovada a adjudicação da empreitada de requalificação do Bairro da Quinta de São José, por 736 mil euros, que agora terá de aguardar o visto do Tribunal de Contas.

“Termina aqui um longo e sinuoso processo”, afirmou Almeida Henriques, lembrando que o município teve pagar ao Estado “15 mil euros por um terreno com 120 metros quadrados”.

Este projeto prevê o alargamento da avenida, “numa zona com constrangimentos do ponto de vista do tráfego, com muitos acidentes”, e a construção de uma rotunda, de forma a melhorar a circulação naquela zona da cidade, que serve instalações do Instituto Politécnico e o centro de saúde, e é uma zona muito populosa.





Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook