Autarquia de Vouzela canalizou cerca de 17.500 euros para a atribuição de prémios aos produtores de gado do concelho




A Câmara Municipal de Vouzela continua a desenvolver esforços para valorizar o mundo rural, nomeadamente através da atribuição de incentivos à produção pecuária, depois do cancelamento, devido à pandemia, dos três concursos pecuários que anualmente se realizavam no concelho.

Recorde-se que era habitual a realização dos concursos da Giesteira (Queirã) em junho, das Festas do Castelo (Vouzela) em agosto, e da Malhada do Salgueiro (Fornelo do Monte) em novembro, iniciativas que tinham como objetivo a promoção da atividade pecuária e a valorização das raças autóctones. Em 2018, estes concursos permitiram conceder aos produtores participantes apoios no valor de 5.300€. Já em 2019, o valor dos apoios distribuídos ascendeu a 7.535€, devendo-se o aumento à implementação da atribuição de prémios de presença a todos os animais a concurso e não somente aos melhores classificados, como acontecia até então.

Devido ao cancelamento dos concursos em 2020 e 2021, por causa da pandemia, e para compensar os produtores por estas perdas, a autarquia está neste momento a atribuir um prémio suplementar aos 46 participantes dos concursos pecuários, num valor monetário que pode variar entre 50€ a 150€ por participante, em função das participações nos concursos pecuários de 2018 e 2019. O valor global canalizado para esta medida ascende a 4.640€.

Contas feitas, nestes últimos anos, a autarquia apoiou em cerca de 17.500 euros os produtores de bovinos e pequenos ruminantes do concelho, incentivando assim a atividade pecuária e o desenvolvimento rural do território.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook