Académico deixa “fugir” vitória no último minuto




Um golo de Henrique Pereira, aos 90+5 minutos, valeu hoje o empate 1-1 ao Benfica B na receção ao Académico de Viseu, em partida da jornada inaugural da II Liga portuguesa de futebol.

Numa altura em que o triunfo do conjunto beirão, que marcou aos 60 minutos por André Clóvis, parecia certo, o avançado benfiquista conseguiu num lance individual impedir que a sua equipa saísse derrotada numa partida que teve o presidente Rui Costa e o treinador da equipa principal Roger Schmidt entre a assistência no Seixal.

Muito rápido a sair nas transições ofensivas, o Académico de Viseu entrou melhor no jogo e acercou-se por duas vezes nos primeiros 15 minutos com perigo da baliza benfiquista. Aos 10 e 14, em jogadas protagonizadas por Famana Quizera, o jogador que mais desequilíbrio causou no primeiro tempo, ameaçou a baliza de Samuel Soares.

Depois do primeiro quarto de hora, o Benfica B equilibrou as operações e começou a chegar junto da área dos beirões sem conseguir, no entanto, colocar em sobressalto Domen Gril, guardião que viu o seu colega Famana Quizera ficar perto do golo, aos 36 minutos, num remate cruzado, que passou perto do ângulo superior direito da baliza ‘encarnada’.

Apesar de o Académico de Viseu ter tido mais ocasiões de golo, as melhores oportunidades de golo pertenceram ao Benfica B na reta final do primeiro tempo. Aos 38, depois de uma excelente jogada coletiva, um remate do avançado Henrique Pereira só não deu golo devido a defesa de Domen Gril, que apanhou novo susto aos 45+2 quando Cher Ndour disparou forte ao lado do poste esquerdo.

Após o intervalo, o Benfica B entrou mais dinâmico, mas, no setor mais recuado, nunca conseguiu suster as incursões do conjunto de Viseu que ameaçou marcar por intermédio de Famana Quizera (53 e 57 minutos) e Gauthier Ott (55).

Sem surpresa, tendo em conta a superior qualidade do futebol apresentado até aí, o Académico de Viseu conseguiu, aos 60 minutos, inaugurar o marcador num remate forte e colocado de André Clóvis, após assistência de Paná, que não deu hipóteses de defesa ao guarda-redes Samuel Soares.

A perder por 1-0, o Benfica B, de forma muitas vezes atabalhoada, não desistiu de procurar a igualdade e conseguiu fazê-lo aos 90+5. No último dos cinco minutos de compensação da partida, um lance protagonizado por Henrique Pereira, avançado que deixou para trás vários opositores e fez o 1-1 que valeu um ponto a cada equipa no Seixal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook