Académico de Viseu vence Casa Pia com reviravolta na abertura da II Liga




´

O Académico de Viseu venceu hoje o Casa Pia por 2-1, com um ‘bis’ de Paul Ayongo, no jogo que marcou o início oficial da época 2021/2022 da II Liga de futebol, no Estádio Municipal de Aveiro.

João Vieira, aos 44 minutos, adiantou o Casa Pia, mas Paul Ayongo, aos 70 e 75, selou a ‘remontada’ dos viseenses, que ‘vingaram’ a derrota de há duas semanas no jogo da primeira fase da Taça da Liga (1-4).

Destaque ainda para o facto de cerca de uma centena de espetadores ter assistido ao jogo, no regresso oficial dos adeptos à II Liga, depois de 17 meses de partidas à porta fechada, devido à pandemia de covid-19.

O Casa Pia entrou melhor, aproveitando a velocidade de Benjaqui e Godwin Saviour para manter a defesa viseense em alerta, e, logo aos três minutos, o guineense conseguiu escapar pela esquerda, desviou a bola de Janota, mas Pedro Monteiro evitou o golo, cortando para canto.

Ao domínio inicial da formação de Filipe Martins, respondeu o Académico de Viseu, que começou a jogar mais tempo no meio-campo adversário, e teve nos pés de Yuri Araújo, aos 21 minutos, uma boa oportunidade, mas Ricardo Batista defendeu o remate do extremo academista.

O golo surgiu aos 44 minutos, com Neto a fazer um passe longo para João Vieira, que ganhou em velocidade a Pica e rematou de primeira fora do alcance de Janota.

A segunda parte começou com uma perda de bola de Tiago Mesquita e Benjaqui a isolar-se, mas Pedro Monteiro conseguiu cortar para canto, quando o extremo guineense se preparava para rematar só com Janota pela frente.

Aos 49 minutos, Godwin Saviour rematou forte e obrigou Janota a uma defesa difícil e, aos 51, o Académico de Viseu ficou perto do empate, mas uma grande defesa de Ricardo Batista evitou o autogolo de Kelechi, que desviou de cabeça um livre de André Carvalhas.

Zé Gomes trocou André Carvalhas por Luisinho, aos 65 minutos, os viseenses ficaram mais perigosos e, aos 70, chegaram ao empate, depois de uma insistência de Paná descobrir Paul Ayongo no centro da área, com este a dominar a bola e a bater Ricardo Batista.

O avançado ganês ‘bisou’, aos 75 minutos, ao aparecer sem marcação ao segundo poste, a concluir um desvio de André Claro, ao primeiro, após um canto de Luisinho.

O Casa Pia ameaçou o empate aos 85 minutos, com Godwin Saviour a aparecer muito rápido pela direita e a rematar cruzado, mas a errar o alvo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook