Turismo Centro reforça apoio a “eventos estruturantes” de Viseu





turismo-centro-de-portugalA Turismo Centro de Portugal vai reforçar a ligação a Viseu através do apoio a iniciativas consideradas estruturantes pelo município, como os eventos do vinho do Dão, Feira de S. Mateus e festival Jardins Efémeros.

A Entidade Regional de Turismo vai envolver-se também na criação de uma estratégia de promoção da futura sala de espectáculos Viseu Arena e vai continuar a apostar na divulgação nacional e internacional de Viseu como destino turístico, promovendo acções como a que levou esta semana ao concelho dezenas de operadores turísticos polacos.

“Vamos diversificar acções de promoção e divulgação de Viseu e reforçar o trabalho que tem vindo a ser feito”, disse à agência Lusa o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado, que na quinta-feira teve uma reunião de trabalho com o presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques.

A reunião ocorreu no mesmo dia em Almeida Henriques anunciou que Viseu vai passar a integrar também a rede do Turismo do Porto e Norte de Portugal, no âmbito de um protocolo que foi aprovado por unanimidade pelo executivo municipal.

Na altura, o autarca queixou-se de que a entidade dirigida por Pedro Machado “não tem dado a atenção devida ao destino Viseu”, sobretudo na divulgação dos eventos relacionados com o vinho do Dão, mas manteve aberta a porta do diálogo, garantindo que o seu concelho vai manter-se na Turismo Centro.

“Continuaremos sempre a colaborar com o Turismo Centro de Portugal. Nunca esteve em causa que pudéssemos sair. Não se trata de sair de um lado para entrar no outro. Trata-se de estar nos dois, porque complementam a oferta de Viseu”, garantiu Almeida Henriques.

Em declarações à Lusa, Pedro Machado não quis responder às críticas do autarca, preferindo destacar o reforço da colaboração entre a Turismo Centro e a Câmara de Viseu em projectos considerados estruturantes.

“Vamos trabalhar ainda mais na divulgação de Viseu como destino turístico”, disse Machado, que garantiu não ter sido surpreendido pela assinatura do protocolo entre o município e a Turismo do Porto e Norte de Portugal.

O responsável da Turismo Centro garante que encara “com naturalidade” o que considera ser “a estabilização de relações” entre Viseu e a Turismo do Porto e Norte, garantindo que aos autarcas cabe sempre o papel de reclamar mais apoios para os respectivos concelhos.

“É compreensível que Viseu queira aproveitar o fluxo de turistas que entram no país pelo Aeroporto do Porto, isso não oferece surpresa. Estabilizar relações com a Porto e Norte de Portugal é prática que a Turismo Centro já vem fazendo há algum tempo”, garante.

Pedro Machado lembra que recentemente as duas entidades regionais de Turismo tiveram uma presença conjunta na Feira Internacional de Turismo de Madrid, um dos maiores eventos do género do mundo.

As duas entidades estão ainda envolvidas numa candidatura a fundos comunitários destinados ao reforço da internacionalização dos respectivos destinos turísticos.




Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.