Subida da temperatura para o fim de semana aumenta o perigo de incêndio florestal

A Autoridade Nacional de Proteção Civil, fez hoje um apelo à comunidade para o perigo de incêndio florestal devido à subida de temperatura prevista para este fim de semana.

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro, destaca-se para os próximos dias uma subida gradual da temperatura máxima a partir de sábado dia 09, podendo atingir valores entre 30º a 35ºC em todo o território no dia 11 segunda-feira.

A ANPC recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, para os locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível ELEVADO, não é permitido:

  • Realização de queimadas, nem de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos;
  • Utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos;
  • Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;
  • O lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes;
  • Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem;
  • A fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Tendo em conta a presente situação meteorológica, é também possível a afetação de grupos populacionais vulneráveis (idosos, crianças, sem-abrigo e doentes do foro cardiorrespiratório) devido ao calor, e ainda uma especial atenção aos peregrinos e participantes nas comemorações do dia 13 de maio em Fátima, pelo que se recomenda a observação das principais medidas de autoproteção para estas situações divulgadas pela Direção Geral de Saúde em www.dgs.pt

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.