Sporting de Braga vence pela vantagem mínima o último classificado


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
O Sporting de Braga venceu ontem o Tondela por 1-0, com um golo solitário de Stojiljkovic, que atirou a equipa ‘auriverde’ ainda mais para último na I Liga de futebol, numa má estreia para o técnico Petit.

O golo solitário do Sporting de Braga, quarto classificado, foi apontado aos 78 minutos, por Stojiljkovic, que deu expressão à superioridade dos minhotos com o seu quinto golo no campeonato, reforçando o estatuto de melhor marcador da equipa.

O Tondela acabou a partida com apenas 10 elementos, após expulsão de Kaká por acumulação de amarelos, numa altura em que a equipa ‘auriverde’ tentava chegar à ‘repartição’ de pontos.

Apesar de ocupar a última posição da tabela classificativa, o Tondela entrou em campo desinibido e a querer jogar de igual para igual com um Sporting de Braga a ocupar uma cómoda quarta posição.

O novo treinador do Tondela, Petit, que ficou a ver a partida na bancada por estar castigado, fez entrar uma equipa com orientações para não deixar o Sporting de Braga sair a jogar, o que foi conseguindo nos primeiros minutos.

Aos 11 minutos, a equipa tondelense chegou a tentar a sua sorte, por intermédio de Edu Machado, que rematou de longe para as mãos do guardião Kritciuk.

A chuva intensa que se fez sentir não impediu a equipa da casa, a jogar no renovado Estádio João Cardoso, de continuar a procurar o golo, embora sem sucesso, desta feita por intermédio de Romário Baldé.

Sensivelmente a partir da meia hora de jogo, o Sporting de Braga passou a dominar a partida, conseguindo construir a melhor jogada da primeira parte aos 35 minutos.

Joan Román rematou forte à entrada da área, valendo a intervenção do guardião Cláudio Ramos, que desviou para canto e segurou o empate até ao intervalo.

Na segunda parte, o Sporting de Braga foi empurrando o Tondela para o seu reduto e, aos 50 minutos, esteve perto do golo, por intermédio de Baiano, que obrigou Cláudio Ramos a uma defesa incompleta.

Aos 57 minutos o Sporting de Braga volta a estar perto do golo, através de Crislan e Pedro Santos, com Cláudio Ramos, mais uma vez, a conseguir sacudir e a aguentar o marcador a zero.

Aos 65 minutos Nathan reclamou grande penalidade num lance disputado com Boly, mas o árbitro Bruno Paixão mandou seguir a partida.

A 15 minutos do final da partida, Raphael Guzzo cruza para a cabeça de Bruno Nascimento, que obrigou o guarda-redes Kritciuk a defender para a frente.

O Sporting de Braga acabou por colocar-se em vantagem aos 78 minutos, por intermédio de Stojiljkovic, que apanhou a defesa desprevenida, tirou o guarda-redes do caminho, e rematou com sucesso.

A cinco minutos do fim o Tondela acabou reduzido a 10 elementos depois de Kaká ter visto o segundo amarelo, tornando ainda mais difícil a tarefa da equipa local.

Mesmo em cima da hora para o final da partida, Stojiljkovic esteve perto de ‘bisar’ e aumentar a vantagem, mas o resultado acabou por manter-se até ao apito final do árbitro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.