Município de Nelas colabora ativamente em novo projeto arqueológico de estudo de âmbito regional


O Município de Nelas irá dar continuidade este verão ao Projecto NeoMega “Neolitização e Megalitismo na Plataforma do Mondego: investigação, recuperação, integração e valorização patrimonial” com uma duração prevista de 3 anos.

Trata-se de uma parceria da Câmara Municipal de Nelas que envolve uma equipa de investigação do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa (coordenada pelo Professor Doutor João Carlos Senna-Martinez e com colaboração de investigadores da Faculdade de Ciências e do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa) e a Câmara Municipal de Carregal do Sal. O projecto conta ainda com importantes apoios da Fundação Lapa do Lobo, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim, bem como das Juntas de Freguesia de Nelas, Canas de Senhorim e Lapa do Lobo.

Os objectivos últimos do projecto prendem-se, por um lado, com o melhor conhecimento do megalitismo regional, de há longa data objecto de estudo por elementos da equipa de investigação, bem como, por outro, com a integração dos conhecimentos obtidos e integração dos próprios sítios arqueológicos, através de acções de conservação, valorização e divulgação, em circuitos visitáveis e respectivos Museus Municipais, de forma a devolver a respectiva fruição aos diversos públicos interessados e rentabilizando no mesmo sentido os conhecimentos obtidos.

No âmbito do projecto serão intervencionados oito sítios arqueológicos (monumentos megalíticos), quatro de cada Concelho, incluindo: (1) O estudo de raíz de três de descoberta recente, Orcas da Lapa do Lobo (Nelas), Troviscos 1 e Troviscos 2 (Carregal do Sal); (2) A conclusão do estudo, recuperação, integração e valorização patrimonial das Orcas de Pramelas e Pinhal dos Amiais (ambas em Nelas) e Travanca (em Carregal do Sal) bem como do Monumento da Víbora (também em Carregal do Sal); (3) Acções de limpeza, recuperação, integração e valorização patrimonial na Orca do Folhadal (em Nelas).

Para o corrente verão estão previstas escavações nas Orcas da Lapa do Lobo e de Travanca bem como as acções de limpeza, recuperação, integração e valorização patrimonial na Orca do Folhadal. Conforme os concelhos de origem os materiais arqueológicos recolhidos serão integrados nas colecções do Museu Municipal “Manuel Soares de Albergaria” de Carregal do Sal e futuro Polo de Arqueologia do Museu Municipal de Nelas.

Ainda no âmbito das actividades previstas para o corrente verão decorrerá no próximo dia 11 de Julho, às 18:30h, no Auditório da Fundação Lapa do Lobo uma Conferência intitulada “A perdida Orca da Lapa do Lobo, novas perspectivas um século depois”, pelo Professor Doutor João Carlos Senna-Martinez, onde serão apresentados os resultados já obtidos com o estudo daquele monumento que segundo ele “a Orca da Lapa do Lobo promete vir a acrescentar novos dados e proporcionar um novo e interessante sítio aos circuitos interconcelhios dos monumentos atribuíveis ao Neolítico”.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.