Bolsa de Turismo de Lisboa abre hoje portas, com S. Pedro do Sul com stand próprio

Bolsa de Turismo de Lisboa
BTL 2017





A região da Madeira e a cidade de Viseu estão em destaque na edição 2017 da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que hoje abre portas na FIL (Parque das Nações), com os primeiros dois dias dedicados apenas a profissionais.

De hoje a domingo, a 29.ª edição da BTL vai concentrar-se também no Turismo de Natureza e mostrar a “forte aposta” de municípios que decidiram, investir em espaços próprios, como Alenquer, Barcelos, Esposende, Mafra, Nisa, Penamacor e São Pedro do Sul.

Entre os destinos internacionais há presenças inéditas no certame como a Argentina, Taipé, Zimbabué, Colômbia, África do Sul, Peru, Galiza (Espanha) e Minas Gerais (Brasil).

Esta edição concentrará 1.200 expositores, estando confirmadas todas as entidades regionais de Turismo e 30 municípios, além de 42 destinos internacionais, numa área total de mais de 37 mil metros quadrados.

Pela primeira vez, estará ocupado o Pavilhão 4, com um espaço dedicado à gastronomia.

O programa da BTL inclui mais de 600 actividades e envolve ‘startups’ (empresas em início de actividade), empresas fora da área do Turismo – como seguradoras, bancos e consultoras -, e o ‘Hosted Buyers’, que este ano traz 400 compradores internacionais, que deverão agendar, diariamente, pelo menos seis reuniões.

Também haverá prémios para ‘blogs’, actividades dirigidas a crianças, exposição de projectos de ‘design’ de interiores e reforço da parceria com a Associação Empresarial de Ourém-Fátima em ano de centenário das aparições relatadas por três crianças.

O município de São Pedro do Sul, vai nesta edição da BTL, voltar a ter um stand próprio. Em declarações à Lafões, Pedro Mouro, vice-presidente da autarquia sampedrense e vereador com o pelouro do turismo, explica que face às melhorias obtidas na “saúde” das finanças municipais, foi possível, fazer este investimento promocional, do qual a autarquia espera retorno.

A presença de São Pedro do Sul, na BTL, não se vai resumir ao stand próprio, estando previstas também acções promocionais, quer no espaço destinado à CIM Viseu Dão Lafões, quer no stand do Turismo Centro de Portugal. Pedro Mouro, avançou ainda conta das expectativas em torno desta presença e avança com algumas das acções que estão previstas realizar no certame.

Em 2016, a BTL recebeu 75.428 visitantes durante os cinco dias da Feira, o que corresponde a um aumento de 4% face a 2015, contando a organização este ano voltar a ultrapassar os 75 mil visitantes.

Os profissionais podem deslocar-se todos os dias à FIL, com um bilhete de 10 euros, enquanto o público em geral poderá marcar presença de sexta-feira a domingo, pagando entradas que variam entre os 2,50 euros e os cinco euros.




Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.